Aumentar o tamanho do texto
Diminuir o tamanho do texto
Normal
Página inicial > Procurar
Miomas

Miomas uterinos

Os miomas, ou fibromas uterinos, são tumores benignos que se desenvolvem na massa muscular do útero, tendo seu crescimento estimulado pelos hormônios ovarianos.

São nódulos constituídos basicamente de tecido muscular e fibroso, e podem estar localizados para fora ou para dentro do órgão.

Os que ocupam a massa muscular uterina são os intramurais; os que se desenvolvem para fora, promovendo um relevo no contorno externo do órgão, são os subserosos; e aqueles que invadem a cavidade uterina, causando o abaulamento do revestimento interno (endométrio), são os chamados submucosos.

A localização precisa é feita através de métodos de imagem, tais como a ultrassonografia, a ressonância magnética e a videohisteroscopia.

Grande parte dos miomas são assintomáticos. Necessitam tratamento os que causam sintomas, como: dor, sangramento menstrual excessivo, dor nas relações sexuais, compressão de órgãos (tais como bexiga e intestino).

Na pré-menopausa, os ovários passam a fabricar menos hormônios, e, com isso, o útero e os miomas que estão dentro dele tendem a diminuir. Assim, tem-se uma solução natural e fisiológica do problema, sem a necessidade de cirurgia.

A forma de tratamento de miomas depende de uma série de fatores individuais relacionados à presença dos miomas e suas repercussões: dor, sangramento, infertilidade etc, e que estão associados ao tamanho, localização e quantidade de nódulos.

Em geral, a primeira opção de tratamento deve ser através de medicamentos, tais como anti-inflamatórios não hormonais, progestogênios (que permitem a diminuição da dor e do fluxo menstrual) e os "anti-hormônios " — como são denominados os análogos do GnRH.

Nos casos resistentes ao tratamento medicamentoso, a retirada dos fibromas (miomectomia) ou sua desvascularização (embolização) se fará necessária.


campanhas

É findado o tempo em que o médico detinha a palavra final. Hoje, a mulher conquistou seu espaço e isso inclui uma nova maneira, mais ativa e soberana, de lidar com seu corpo e sua própria saúde. Clique para ler mais.

A Pró-Matrix, preocupada com o expressivo número de cirurgias para retirada desnecessária do útero, mantém desde 1996 a campanha "Mulheres, salvem seus úteros!", defendendo o direito da mulher a uma segunda opinião, a um tratamento moderno e conservador, mininvasivo, que a respeite em sua plenitude.


Copyright © 2004-2010 - Direitos reservados - Webdesign Abelhaweb